Cultura

Animes são propostos ao governo como método de ensino de língua japonesa

A proposta, que leva em consideração a influência da cultura pop japonesa no exterior, foi levada ao governo no meio desta semana.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Um painel de especialistas propôs o uso de animes e salas de bate-papo como método de ensino e incentivo para o aprendizado de língua japonesa. A proposta, que leva em consideração a influência da cultura pop japonesa no exterior, foi antecipada ao governo do Japão no meio desta semana.

 

Animes (Imagem: Reprodução/Tokyo Times)

Os especialistas disseram que uso de anime como método de ensino visa tornar a linguagem mais acessível (Imagem: Reprodução/Tokyo Times)

 

A proposta foi relatada ao ministro das Relações Exteriores do Japão, Fumio Kishida, que disse que levará em consideração. No entanto, o jornal Tokyo Times citou, em uma publicação na última sexta-feira, que as propostas já estão incluídas no pedido inicial de orçamento para o próximo ano fiscal, em abril.

As salas de bate-papo em questão têm como objetivo dar aos alunos uma maior oportunidade de conversar em japonês e interagir com outros que também estão aprendendo o idioma, enquanto o uso de anime, que tem um grande número de seguidores no exterior, seria desenvolvido para tornar a linguagem mais acessível.

Este método de ensino, por meio de conversação em chat e uso de animes, já vem sendo usado por vários grupos há algum tempo, mas não tem sido apoiado pelo governo do país.

 

Para saber mais sobre Cultura, clique em mundo-nipo.com/variedades/cultura. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •