Guia Cultural

Festival de jazz em São Paulo reúne músicos de nove países, incluindo Japão

O festival, que conta com a apresentação do músico japonês Makoto Kuriya, ocorre até o dia 30 de agosto.

Do Mundo-Nipo

O festival Jazz na Fábrica reúne artistas de nove países para mais de 20 apresentações no Sesc Pompeia, na zona oeste da capital paulista. O evento, que começou na quinta-feira (6), conta com músicos solistas e grupos nacionais, dos Estados Unidos, do México, de Israel, Cuba, da Inglaterra, do Japão, da França e da Áustria. A programação vai até o dia 30 de agosto.

Realizado desde 2011, o nome da mostra faz referência ao edifício que abriga a unidade onde o evento é realizado. O complexo foi projetado em 1976 pela arquiteta Lina Bo Bardi, aproveitando os galpões de uma antiga fábrica de tambores. No ano passado, o conjunto arquitetônico foi transformado em patrimônio cultural do país pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

Além de músicos consagrados como o norte-americano Kenny Garrett, o festival conta com a apresentação do japonês Makoto Kuriya. Além de produtor musical, Kuriya é pianista, compositor e arranjador. Ele nasceu em Kobe, mas se graduou na Universidade de West Virginia e na Universidade de Pittsburgh.

Depois de excursionar com Chuck Mangione nos anos 80, Kuriya voltou ao Japão para produzir uma série de CD’s que resultaram em prêmios. Além de compor trilhas sonoras para cinema, ele já se apresentou em festivais junto a grandes nomes do jazz como Herbie Hancock, Billy Cobham, John Faddis e Jonny Griffin.

Nesta apresentação no Brasil, o grupo ‘Creative Jazz Ensemble Japan’ é formado por Kuriya Makoto (piano), Gennoshin Yasui (percussão), Koichi Osamu (baixo), Hidenobu Otsuki (bateria), Jiro Yoshida (guitarra) e conta ainda com participações especiais de Teco Cardoso e Monica Salmaso. A apresentação acontece no dia 19 de agosto e os ingressos variam de R$ 12 a R$ 40.

Após a apresentação, que será a primeira no Brasil, Kuriya Makoto e seu grupo seguirão para o Festival Jazz & Blues, no SESC Ribeirão Preto (SP), em 20 de agosto; SESC da Esquina, em Curitiba (PR), 22 de agosto; Caixa Cultural, em Brasilia (DF), 24 de agosto; e terminando no Rio de Janeiro (RJ), com duas apresentações na Cidade das Artes, nos dias 27 e 28 de agosto.

Entre os brasileiros que se apresentam no Jazz na Fábrica, se destaca o Grupo Um, criado pelos irmãos Lelo (teclados e sons eletrônicos) e Zé Eduardo Nazário (bateria e percussão). O projeto foi fundado em 1976, quando ambos tocavam com Hermeto Pascoal. O som da dupla tem influências da música eletrônica e eletroacústica.

Há ainda uma programação gratuita que ocorre aos domingos ao ar livre. Entre os artistas que estão incluídos nessa parte do festival está o Chaiss Quinteto, grupo que se apresenta pelas ruas de São Paulo. Os cinco músicos vão mostrar no domingo (9) temas que compõem o disco Afrodisia, que será lançado neste ano. O som passa pelo jazz fusion, hard-bop, e jazzcontemporâneo.

Também se apresentam gratuitamente o QN Quarteto, o Rodrigo Digão Braz Trio e Convidados e o Gestos Sonoros.

Veja a programação completa do evento, bem como preços de ingressos, no site oficial do Sesc São Paulo.

*As informações são do Sesc São Paulo, da Agência Brasil e da Fundação Japão São Paulo.

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários