Ciência e Saúde

Subvariante BA.2 representa 90% dos casos de Covid-19 no Japão

Pessoas em Toquio Foto Kyodo 122020 1
©Kyodo

Ministério da Saúde do Japão alerta sobre alta de casos em razão dos feriados na Golden Week, quando muitas pessoas viajam em todo país.

A subvariante BA.2 da ômicron é responsável por cerca de 90% dos novos casos de Covid-19 no país, mostrou a estimativa de um relatório compilado e publicado, nesta quarta-feira (27) por um painel de especialistas do Ministério da Saúde, informou a Kyodo News, site de notícias da agência Kyodo.

O painel está pedindo que as medidas restritivas sejam tomadas minuciosamente, pois espera-se que um número maior do que o normal de pessoas viajem durante os feriados da Golden Week a partir desta sexta-feira (29).

“Há uma possibilidade muito alta de que os feriados levem a um aumento no número de infecções”, disse Takaji Wakita, chefe do painel.

Números da Covid-19 no Japão

Os novos casos diários de Covid-19 totalizaram 46.267 nesta quarta-feira, um aumento de cerca de 6.000 em relação ao dia anterior, com a capital Tóquio registrando 6.052 casos.

Enquanto isso, o número de novos casos no país durante a semana passada caiu 9% em relação à semana anterior, marcando a segunda semana consecutiva de declínio, de acordo com o painel.

Pessoas nas ruas de Ginza usando mascara de protecao contra Covid 19 em abril de 2022 Foto Kyodo 900x504 1
A foto mostra pedestres nas ruas de Ginza, na última segunda-feira (25), usando máscara de proteção, sem exceção, mesmo depois de o governo relaxa as restrições do uso de máscara ao ar livre | Kyodo

Os casos em todo o país estão em tendência de declínio, com uma queda notável nas grandes cidades, embora algumas áreas regionais estejam vendo um aumento, disse o painel.

Por sua vez, dados separados, e também divulgados hoje (27) pelo Ministério da Saúde, mostram que 555 pessoas morreram em casa de janeiro a março deste ano, quando a sexta onda de coronavírus atingiu o Japão. Desses, 39% tinham recebido a segunda dose da vacina contra Covid-19.

Apesar do alerta dos especialistas, o ministério não mencionou sobre retomada de estado de emergência, total ou parcial, no país caso o número de casos volte a crescer depois dos feriados.

== Mundo-Nipo (MN) / Agência Kyodo.