Ciência e Saúde

Geneticistas japoneses descobrem como prolongar a vida dos seres humanos

Os cientistas afirmam ter desvendado um dos mecanismos responsáveis pelo envelhecimento, e que a descoberta poderá ser usada para prolongar a vida dos seres humanos.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Uma equipe de pesquisadores japoneses anunciou ter desvendado um dos mecanismos responsáveis pelo envelhecimento, e afirma que a descoberta poderá ser usada para prolongar a vida dos seres humanos.

De acordo com uma publicação da NHK News, a equipe de geneticistas, liderada pelo professor Takehiko Kobayashi, do Instituto Nacional de Genética, descobriu que a vida de seres vivos pode ser prolongada manipulando os genes associados ao envelhecimento.

O grupo disse que a pesquisa foi realizada através da levedura, e deu enfoque a uma estrutura chamada ribossomos ou ribossomas, que são organelas presentes em todas as células vivas e cria proteínas essenciais para a manutenção da vida.

Quando a levedura envelhece, uma seção do ribossomo tem genes específicos que funcionam de uma maneira instável. Os pesquisadores manipularam, então, os genes para que eles possam atuar de um modo estável, mesmo com o envelhecimento da levedura. Como resultado, a vida da levedura passou de dois para três dias, um dia mais longo que o normal.

O professor Kobayashi afirma que a descoberta poderá ser usada para combater o envelhecimento e assim prolongar a vida dos seres humanos em um futuro não muito distante.

 

Para saber mais sobre Ciência e Bem-Estar, clique em mundo-nipo.com/ciencia-e-bem-estar. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta