Economia Notícias

Japão facilitará entrada de turistas estrangeiros ‘ricos’

©Depositphotos

O governo japonês espera que o grande poder de compra dos turistas ricos ajude na recuperação econômica do país.

O governo do Japão planeja simplificar os procedimentos de imigração para viajantes estrangeiros que chegam ao Japão em transportes de luxo, como jatos particulares e super iates geralmente usados ​​por pessoas ricas, informou a Kyodo News citando fontes próximas ao assunto.

Com a flexibilização, o governo espera que esses viajantes abastados, que têm um poder de compra considerável, ajudem na recuperação econômica pós-pandêmica, disseram as fontes.

Atualmente, quem chega de jato particular para turismo no Japão precisa se inscrever 10 dias antes de pousar em um aeroporto no Japão. O governo está considerando encurtar o período para três dias, o mesmo tempo exigido para entrada com fins comerciais, disseram as fontes.

O Japão possui dez aeroportos, incluindo Haneda e Narita, com instalações equipadas para processar a entrada de tais viajantes, ou seja, “os ricos em seus jatos particulares”.

Interior do jato particular Falcon 2000S BMW | Foto: Lifestyle

O governo também considera permitir que os operadores de jatos particulares se inscrevam para voos, reabastecimento e uso de hangar em uma única parada, disseram as fontes.

VEJA TAMBÉM
As 10 pessoas mais ricas do Japão

Os “superiates” e outros meios privados de transporte aquático são atualmente obrigados a declarar o número de tripulantes e de carga toda vez que fazem uma escala em portos japoneses. Após a mudança planejada, eles só precisarão fazê-lo na entrada e saída do Japão.

Ainda de acordo com as fontes, enquanto algumas áreas rurais carecem de hotéis de luxo, restaurantes sofisticados e experiências culturais de alta qualidade, a Agência de Turismo do Japão planeja selecionar dez locais-modelo e apoiá-los na atração de hotéis e no desenvolvimento de produtos e serviços para os ricos.

== Mundo-Nipo (MN)
Fonte: Kyodo

Foto em Destaque: Depositphotos