Economia

Exportações do Japão para a China cai 16,7% no primeiro semestre

As exportações sofreram uma queda de 16,7%.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Exportações do Japão (Foto: Tetsushi Yamamura/The Asahi Shimbun)

Carros de fabricação japonesa com destino a América do Norte sendo carregados em um navio no porto de Hiroshima (Foto: Tetsushi Yamamura/The Asahi Shimbun)

As exportações do Japão para a China no primeiro semestre caíram pelo segundo ano consecutivo, para 5,8 trilhões de ienes (US$ 61,4 bilhões, pelo câmbio internacional), uma queda de 16,7% na comparação com o mesmo período do ano anterior, de acordo com dados divulgados pela Japan External Trade Organization (JETRO).

A JETRO, uma agência independente do governo japonês, disse que a queda, que abrange o período de janeiro a junho, reflete uma redução nas vendas de automóveis e maquinários de construção, devido a uma desaceleração da economia chinesa e ao persistente sentimento “anti-japonês” na China, em consequência das disputas pelas Ilhas Senkaku.

A participação da China no Japão em relação ao total de exportações globais caiu para 17,2% durante o período de janeiro a junho, contra 18% em 2012, levando a China para o segundo lugar pela primeira vez em cinco anos.

Os Estados Unidos foram o maior destino das exportações do Japão no primeiro semestre de 2013, com um total de 18,3%, um crescimento de quase 1% em relação ao período anterior, que foi de 17,1%.

As importações da China para o período caiu 6,1%, para 8,1 trilhões de ienes (US$ 85,8 bilhões, pelo câmbio internacional), é a primeira queda em quatro anos.

As informações são da agência Kyodo e do Jornal The Asahi Shimbun.

 

Veja mais notícias sobre Economia em mundo-nipo.com/economia. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta