Economia

Banco do Japão eleva avaliação econômica de todas as economias regionais

O presidente do BoJ, Haruhiko Kuroda, disse que a recuperação moderada do país deve continuar.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Haruhiko Kuroda, presidente do Banco do Japão (Foto: Kyodo)

Haruhiko Kuroda, presidente do Banco do Japão (Foto: Kyodo)

O Banco do Japão (BoJ) elevou nesta segunda-feira (21) sua avaliação sobre todas as nove economias regionais do país em relação ao trimestre anterior, com base na demanda doméstica, incluindo gastos e investimento em habitação e sinais de melhora no emprego e renda.

Todas as nove regiões tiveram uma melhora em sua economia e que pelo menos oito estão se “recuperando”, de acordo com o “Relatório Sakura” do banco central.

O relatório indicou que a recuperação econômica começou a se espalhar a partir de áreas urbanizadas para as economias regionais.

De acordo com relatório, quatro regiões viram as suas avaliações de investimento das empresas sendo elevadas, algo que o banco central considera crucial para estabelecer a recuperação da economia nacional. Cinco regiões tiveram elevadas os seus pontos de vista sobre as condições de renda, enquanto o mesmo número de regiões viram a sua avaliação dos gastos dos consumidores aumentada, enquanto oito regiões se tornaram mais otimistas sobre a produção industrial

Nesta segunda-feira,  o presidente do BoJ, Haruhiko Kuroda, disse em uma reunião que a recuperação moderada do país deve continuar, com o crescimento da produção dando aos consumidores mais renda.

Kuroda disse que o crescimento nos preços ao consumidor está se expandindo para uma ampla gama de itens, e que a economia do Japão está se recuperando moderadamente.

“A tendência deverá continuar, impulsionada pelos ciclos positivos na produção, receitas e despesas”, destacou Kuroda

Kuroda disse também que as medidas de flexibilização monetária ousadas introduzidas em abril estão constantemente produzindo resultados em direção a meta de inflação de 2%.

Segundo o jornal financeiro Dow Jones Newswires, os investidores provavelmente examinarão o relatório, o que pode influenciar as opiniões do Conselho de Políticas do BoJ sobre a economia.

Em sua próxima reunião de política monetária, planejada para 31 de outubro, os nove membros da diretoria vão anunciar a sua previsão sobre a economia para os próximos três anos, o que pode indicar sobre a possibilidade de o banco central tomar medidas adicionais de flexibilização monetária.

Citando a forte recuperação econômica do Japão até o momento, o Dow Jones Newswires destacou que o BoJ manteve a sua meta de atingir a meta de inflação de 2% em um ano e meio. Mas a maioria dos economistas do setor privado diz que o banco tem que fazer mais. Alguns deles espera que medidas de flexibilização sejam tomadas no início de abril.

As informações são do jornal Dow Jones Newswires, da agência Kyodo e da NHK News.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta