Economia

Governo diz que recuperação do Japão permanece moderada, mas ‘desigual’

O governo japonês cortou ainda a perspectiva para exportações, consumo provado e importações.

Do Mundo-Nipo

A recuperação econômica doméstica do Japão permanece moderada, embora desigual, avalia o governo japonês em seu relatório mensal sobre a perspectiva do país, divulgado nesta quarta-feira (26).

No documento, o governo elevou sua avaliação do setor de construção habitacional, mas cortou a perspectiva para as exportações, o consumo privado e as importações. Além disso, reduziu pela primeira vez em três anos a sua avaliação da economia mundial.

Dados divulgados no início de agosto apontaram que a economia japonesa contraiu no último trimestre. De acordo com dados preliminares divulgados pelo Escritório do Gabinete do Governo e divulgados no meio deste mês, mostrou que o Produto Interno Bruto (PIB) do Japão apresentou contração de 1,6% no segundo trimestre deste ano (abril-junho) na comparação com o mesmo período do ano anterior. Além disso, retrocedeu 0,4% na comparação com o trimestre anterior. O país registrou assim o primeiro retrocesso desde o terceiro trimestre de 2014.

A recente onda de vendas de ativos nos mercados globais, entre os quais os do Japão, e a retomada da trajetória de valorização do iene, que reduz a competitividade das exportações do país, reforçam os rumores de que o governo possa vir a anunciar novas medidas para estimular a economia.

Fonte: Jornal Valor Econômico | Agência Kyodo.

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.