Economia

Segunda fase do aumento do imposto sobre vendas no Japão pode não ocorrer

Amari disse que “não haverá” o segundo aumento do imposto de vendas se os 8% terminarem em fracasso.

Do Mundo-Nipo

Akira Amari, ministro da Politica Fiscal e Econômica (Foto: oficial do partido)

Akira Amari, ministro da Politica Fiscal e Econômica (Foto: oficial do partido)

O Ministro da Política Fiscal e Economica do Japão, Akira Amari, disse neste domingo que vai ser difícil de implementar o imposto de vendas para 10% em outubro de 2015, se o aumento de 8% em abril causar uma recessão econômica.

Amari disse que “não haverá” o segundo aumento do imposto de vendas se os 8% terminarem em fracasso.

“O primeiro-ministro Shinzo Abe tem a preocupação de que uma falha impediria o governo de tocar na questão do imposto sobre as vendas para os próximos 15 anos”, disse Amari durante uma entrevista em um programa de TV.

Abe deve anunciar a primeira etapa de aumento do imposto sobre vendas na terça-feira (01), com o objetivo de aumentar as receitas para cobrir os custos da segurança social com o envelhecimento da população japonesa.

As informações são da agência Kyodo.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Deixe um comentário