Esportes

Japão vence nos acréscimos a Coreia do Norte pela Copa E1

Volante Yosuke Ideguchi marcou o único gol da partida | Foto: Kyodo

Goleiro de 22 anos brilhou em sua estréia, salvando o Japão de ser derrotado pela fraca Coreia do Norte.

O Japão estreou na primeira rodada da Copa E1 (antiga Copa do Leste Asiático) com vitória suada sobre a inexpressiva Coreia do Norte em partida realizada neste sábado (9), em Tóquio. O único gol da partida saiu nos acréscimos finais, o que colocou os japoneses na liderança da competição, uma vez que Coreia do Sul e China empataram na outra partida realizada hoje.

Japão aproveitou o fim do calendário de futebol no país para testar jogadores de olho na Copa do Mundo de 2018. O resultado, no entanto, foi preocupante, mesmo levando em conta que não pode contar com alguns de seus mais famosos convocáveis.

Com um Estádio de Tóquio lotado, o Japão se livrou da vergonha de empatar com um rival político tradicional que tem uma seleção inexpressiva no cenário internacional.

O salvador da pátria foi o volante Yosuke Ideguchi, que fez o gol com um chute de fora da área e determinou a vitória aos 48 minutos do segundo tempo.

O herói da seleção japonesa, no entanto, foi o goleiro estreante Kosuke Nakamura, que fechou o gol dos ‘Samurais Azuis, realizando belas defesas. O jovem de apenas 22 anos foi o jogador que mais apareceu no vídeo de melhores momentos publicado pela organização do torneio.

Treinados pelo bósnio Vahid Halilhodzic, japonesa joga com o chamado “time B” e tentam ganhar o torneio pela segunda vez. Depois da conquista de 2013, os ‘Samurais Azuis’ foram vice em 2003, 2005 e 2008. Na Copa de 2018, Japão está no Grupo H, com Polônia, Senegal e Colômbia.

Enquanto isso, aa abertura do quadrangular que vai até sábado que vem, a China surpreendeu ao abrir o placar logo aos nove minutos, com Wei Shihao. Mas logo a Coreia do Sul conseguiu a virada. Kim Shinwook empatou, aos 12, e Lee Jaesung fez o segundo gol, aos 19. Só que, no segundo tempo, Yu Dabao igualou tudo novamente e impediu a vitória dos favoritos.

Sob o comando do italiano Marcello Lippi, campeão mundial de 2006 à frente da Azzurra, os chineses tentam voltar a vencer o torneio depois de conquistarem o título em 2005 e 2010. Os sul-coreanos são os maiores campeões da competição: foram tri em 2003, 2008 e 2015. Na Copa de 2018, estão no Grupo F, com Alemanha, México e Suécia.

Confira abaixo vídeo com os melhores momentos – destaque para as defesas de Nakamura (Créditos eaffofficial):

Fontes: Globo Esporte | Kyodo News.