Esportes

Japão inaugura o Estádio Olímpico de Tóquio

Novo Estádio Olímpico de Tóquio | Foto: CNN

O principal estádio dos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020, custou US$ 1,25 bilhão e terá capacidade para acomodar até 68 mil pessoas.

O principal estádio para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 foi inaugurado de forma oficial nesta segunda-feira (16). A cerimônia de inauguração contou com o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, que anunciou de forma oficial a inauguração do Estádio Olímpico de Tóquio.

Em seu discurso, o líder japonês reforçou que a construção do estádio passou por um processo de dificuldades, mas salientou que será símbolo da competição.

“Presumo que houve muitas dificuldades no processo de construção deste Estádio Nacional, que será o símbolo da Olimpíada de Tóquio de 2020 e dos Jogos Paralímpicos”, concluiu.

Entre outras personalidades, cerimônia contou com o premiê japonês e a governadora de Tóquio | Foto: Reprodução/Reuters

A obra custou mais de R$ 5,25 bilhões (US$ 1,25 bilhão) e gerou polêmicas. Isto, porque o projeto inicial tinha um custo estratosféricos (superior a R$ 6 bilhões) Com isso, os japoneses abandonaram o desenho inicial da instalação.

A mudança para o projeto do arquiteto Kengo Kum provocou um atraso no início da obra (dezembro de 2016), que impediu o plano original de sediar jogos da Copa do Mundo de rugby, finalizada no dia 2 de novembro, com o título para a África do Sul.

Localizado no Centro da capital japonesa, o estádio, que tem capacidade para 68 mil torcedores, será palco do atletismo, do futebol e das cerimônias de abertura (24 de julho) e encerramento dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos.

FUTEBOL
Por Lance!