Esportes

Revista é criticada por paródia de logo dos Jogos de Tóquio com coronavírus

Foto: Reprodução

Comitê diz que o “desenho” é insensível com as pessoas afetadas pelo coronavírus e desrespeita os atletas dos Jogos de Tóquio adiados por causa da pandemia.

  • 3
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    3
    Shares

A revista do Clube de Correspondentes Estrangeiros do Japão (FCCJ na sigla em inglês) foi duramente criticada depois de mesclar o logo dos Jogos Tóquio com a imagem da forma do coronavírus. A paródia do símbolo das Olimpíadas gerou protestos do Comitê Organizador do maior evento esportivo do mundo.

“É muito decepcionante ver o emblema dos Jogos sendo distorcido e associado ao novo coronavírus, que afeta a vida humana, a vida das pessoas, a economia e nossa sociedade. O desenho está claramente usando o design do emblema olímpico. Portanto, consideramos uma violação de nossos direitos autorais garantidos por lei ao emblema olímpico de Tóquio 2020”, disse Masa Takaya, porta-voz do Comitê Organizador dos Jogos de Tóquio, em entrevista coletiva na terça-feira.

Paródia está na capa da edição de abril da revista “Number 1 Shimbun”, do FCCJ | Foto: Reprodução
Forma do genoma do Covid-19 no Brasil ©Amanda Georgia / Edição Mundo-Nipo

A paródia foi criada por Andrew Pothecary, designer britânico sediado em Tóquio. Ela está na capa da edição de abril da revista “Number 1 Shimbun”, do FCCJ, e também na versão online da publicação. O Comitê Organizador de Tóquio negocia a retirada da imagem antes de entrar com uma ação na Justiça.

Logos dos Jogos de Tóquio 2020 | Foto: Thomas Peter/Reuters

“É insensível com muitas pessoas afetadas mundo afora pela dolorosa situação do coronavírus. É especialmente insensível com atletas ao redor do mundo trabalhando para competir nos Jogos”, disse Takaya.

Mundo-Nipo (MN)
Com informações do Globo Esporte.

  • 3
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    3
    Shares