Jogos de Tóquio: urso invade estádio de softbol em Fukushima

Um urso preto foi visto dentro do Azuma Sports Park. Apesar de o “intruso” desaparecer, o jogo aconteceu e Japão venceu por 8-1.
Seguranca na porta do Azuma Sports Park em Fukushima Foto Reproducao Reuters Jorge Silva 900x600 1
©REUTERS/Jorge Silva

Por causa da pandemia de Covid-19, cujo número de casos tem crescido na capital do Japão, os organizadores dos Jogos de Tóquio decidiram vetar a presença de público no evento esportivo, mas um torcedor peludo tentou se esgueirar para dentro do estádio de softball de Fukushima, no nordeste do Japão. Segundo o jornal The Japan Times, um urso supostamente invadiu o local horas antes do início partida entre Japão e Austrália na quarta-feira (data local), um jogo que marcou o início não oficial das olimpíadas. 

Um porta-voz da polícia de Fukushima confirmou que o “invasor” foi visto na noite passada e novamente nesta manhã, poucas horas antes do início da primeira competição nos Jogos de Tóquio.

“Um guarda olímpico viu um urso dentro do Azuma Sports Park na madrugada de ontem. Também recebemos informações semelhantes esta manhã ”, disse o porta-voz. “Não conseguimos encontrar ou capturar o urso e, embora não haja espectadores no estádio, estamos em alerta e em busca do urso pelo local”, concluiu.

A mídia local identificou o animal como um urso preto asiático, com o jornal Sports Hochi dizendo que todo o contingente de guardas olímpicos designados para o local passou a noite procurando pela criatura.

“Eles até tocaram música e soltaram fogos de artifício em um esforço para expulsar o urso”, disse o jornal.

Apesar do “intruso”, a partida de softball, que acontece apenas dois dias antes da cerimônia de abertura dos Jogos de Tóquio, aconteceu sem problemas, com o Japão registrando uma vitória fácil por 8-1 sobre a Austrália.

Ataques de animais

Ataque de animais acontecem com certa frequência no Japão, principalmente de ursos, que são comuns em todo o país asiático e regularmente desencadeiam caças frenéticas quando se aventuram nas cidades, onde são conhecidos por atacar e até matar residentes locais.

No mês passado, um urso-pardo deu início a uma busca massiva envolvendo a polícia e caçadores locais depois que ele feriu quatro pessoas na cidade de Sapporo, capital de Hokkaido, ilha no extremo norte do Japão e que sediará a maratona olímpica.

Ele acabou sendo morto a tiros após uma perseguição dramática, durante a qual ele saltou ao longo de uma rua residencial, cruzou uma rua movimentada e agarrou o portão de um quartel militar.

Os ursos negros asiáticos são nativos de grande parte do Japão, incluindo a ilha principal do país, enquanto os ursos marrons vagam por Hokkaido mais ao norte.

== Mundo-Nipo (MN)

Total
2
Shares
Previous Article
Bandeira do Japao e cedula de iene Foto Stockvault min

Salário mínimo pode ter aumento recorde no Japão

Next Article
Oficial de resgate olimpico se refresca no treino de canoagem no Kasai Canoe Slalom Center em Toquio Foto Kyodo 900x600 1

Calor intenso no Japão afeta atletas e moradores de Tóquio

Related Posts