Meio ambiente e Energia

AIEA registra 146 casos de comércio ilícito de materiais radioativos

As substâncias roubadas poderiam ser usadas por terroristas a construir “bombas” que misturam materiais nucleares e explosivos convencionais.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) declarou nesta sexta-feira (21) que registrou mais de 146 acidentes de tráfico ilícito, posses e outras atividades não autorizadas de materiais radioativos em 2013, incluindo incidentes envolvendo substâncias que possam pôr humanos em perigo.

As substâncias roubadas poderiam ser usadas por terroristas a construir “bombas” que misturam materiais nucleares e explosivos convencionais.

Medidas para proteger materiais nucleares que podem ser utilizados para bombas serão destacados durante uma reunião entre líderes mundiais na segunda (24) e terça-feira (25) na Holanda.

A AIEA informou que seis incidentes foram não-autorizados ou ligados a atividades criminosas, enquanto 47 foram roubos ou incidentes. Quatro dos cinco incidentes envolvendo materiais com alto risco de exposição à radiação foram furtados.

(Do Mundo-Nipo com informações da agência Kyodo)

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta