Meio ambiente e Energia

Tepco pode ser dividida para acelerar desmantelamento de reatores de Fukushima

Tepco está a avançando para encerrar os de número 1 e 4 da usina Fukushima Daiichi.

Do Mundo-Nipo

Um alto funcionário do Partido Liberal Democrata do Japão propôs ao primeiro-ministro Shinzo Abe, que a Companhia de Energia Elétrica de Tóquio (Tepco) fosse dividida através da criação de uma empresa responsável pelo desmantelamento dos reatores nucleares de Fukushima Daiichi, informou um oficial do partido neste sábado (21) .

 

Tanques de armazenamento de Fukushima Daiichi. Um dos tanques apresentou um vazamento de 300 toneladas de água radioativa. (Foto: Tepco)

Tanques de armazenamento de Fukushima Daiichi. Um dos tanques apresentou um vazamento de 300 toneladas de água radioativa. (Foto: Tepco)

 

Tadamori Oshima, chefe do comitê do PLD para a recuperação de áreas no nordeste do Japão, devastadas pelo terremoto e tsunami de março de 2011, fez a proposta na quarta-feira (18) para que a operadora seja capaz de se concentrar em indenizar os afetados pela crise nuclear e seu trabalho na desativação dos reatores possa ser acelerado.

Dos seis reatores de Fukushima, a Tepco está a avançando para encerrar os de número  1 e 4, que sofreram colapsos ou explosões de hidrogênio nos primeiros dias da crise.

Abe pediu na quinta-feira (19) para Teoco desmantelar os reatores 5 e 6, embora esses dois reatores não tenham sofrido grandes danos estruturais.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Deixe um comentário