Notícias Sociedade

Homem é preso após se trancar no banheiro em vestibular no Japão

©Kyodo

Candidato se trancou no banheiro por 3 horas, após ser expulso da sala por se recusar a usar a máscara facial corretamente.

Um homem de 49 anos, que foi expulso da sala onde prestava o vestibular no Japão por não usar corretamente a máscara facial, foi preso horas depois por se recusar a sair do banheiro no mesmo local do exame, informou ontem (19) a polícia de Tóquio.

Depois de ser obrigado a deixar a sala do exame de inglês que estava fazendo, visto que usava a máscara abaixo do nariz, o homem se dirigiu ao banheiro da intituição onde prestava vestibular, em Tóquio, onde se trancou por cerca de três horas, até sua prisão por volta das 22h de sábado, segundo a polícia.

Em meio à pandemia do coronavírus, os candidatos não podiam fazer os exames a menos que usassem máscaras faciais “corretamente”.

O homem, cujo nome foi omitido, não obedeceu à ordem de sair do banheiro e um policial foi forçado a pular a parede do banheiro para alcançá-lo, disseram.

LEIA TAMBÉM
Tokyo Toilet: conheça os banheiros transparentes de Tóquio

A operadora dos exames nacionais disse no domingo (17), um dia após o ocorrido, que o candidato recusou obedecer às instruções dos supervisores para cobrir o nariz com a máscara, apesar de ter sido alertado seis vezes e informado que seria desqualificado se ignorasse um aviso final.

O ministro da Educação, Koichi Hagiuda, apoiou na terça-feira a desqualificação do homem, chamando o ato de “conduta imprópria”.

“Ouvi dizer que era uma situação que não podia ser esquecida, já que ele estava perturbando psicologicamente os outros candidatos”, disse Hagiuda em uma entrevista coletiva.

O Centro Nacional de Exames de Admissão à Universidade (Daigaku Nyuushi Sentaa Shiken, em japonês) permite que aqueles que não podem usar máscaras faciais por motivos de saúde façam os exames em uma sala separada, desde que solicitem com antecedência.

O candidato em questão, que não forneceu tal motivo de antemão, foi citado pelo Ministério da Educação como tendo dito “essa é a minha maneira de usar uma máscara corretamente”.

Vestibular no Japão

A primeira rodada do vestibular foi realizada no fim de semana em 681 locais em todo o país, atraindo um total de 535.245 candidatos, de acordo com o centro.

Medidas antivírus estritas estão sendo implementadas nos locais de testes. As etapas também incluem o distanciamento social, a desinfecção das mãos dos alunos, a manutenção da ventilação das instalações e a garantia de que os candidatos almocem sozinhos.

Mundo-Nipo (MN)
Fonte: Kyodo News.