Variedades

Tokyo Toilet: conheça os banheiros transparentes de Tóquio

©Issei Kato

O vidro transparente das paredes do banheiro público fica opaca quando o usuário tranca a porta. Mas ele pode ver todos do lado de fora.

  • 254
  •  
  •  
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
    255
    Shares

Alguns dos visionários criativos do Japão se juntaram a um projeto ímpar, o que está tornando famosas as instalações públicas do país. Eles estão projetando banheiros como nenhum outro, entre eles estão os banheiros transparentes, do projeto Tokyo Toilet, que está despertando curiosidade e estimulando um novo tipo de turismo no país.

Quando banheiros transparentes apareceram em dois parques de Tóquio em agosto, eles imediatamente se tornaram virais na internet. As pessoas ficaram fascinadas, senão apavoradas, com a perspectiva de usar tal instalação. Mas a privacidade não foi um problema.

Projeto inovador pertence a Ban Shigeru

O japonês Ban Shigeru, um dos arquitetos mais proeminentes do mundo, foi quem criou o design inovador. Ban acumula vários prêmios em razão de seus incríveis trabalhos, incluindo o Prêmio Pritzker de Arquitetura de 2014, considerado o “Oscar” da arquitetura, e a Condecoração Memorial Madre Teresa por Justiça Social de 2017, honraria considerada uma versão asiática do Nobel da Paz.

Shigeru Ban | Foto: Organização Shigeru Ban

Usando “vidro inteligente”, as paredes do banheiro ficam opacas quando a porta é trancada. Elas precisam de corrente elétrica para permanecerem transparentes, por isso, mesmo se a energia acabar, os usuários serão salvos da indignidade de serem pegos com as calças abaixadas.

Os banheiros ficam transparentes quando estão desocupados | Foto: Satoshi Nagare / Fundação Nippon
Os banheiros transparentes ficam com as paredes opacas quando está ocupado| Foto: Satoshi Nagare / Fundação Nippon

Ban estava considerando a maneira de as pessoas se aproximarem de um banheiro público. “Antes de entrar, todos querem verificar se não há ninguém escondido lá dentro, ou se está limpo, e isso é natural. Esta é uma solução para esses problemas”, afirma.

O arquiteto diz que está surpreso com a atenção que seu último trabalho está atraindo.

“Fazer edifícios com formatos estranhos e/ou interessantes não é um design para mim, especialmente para instalações públicas. O design tem tudo a ver com a resolução de problemas. Nesse ponto, há duas coisas que nos preocupam ao entrar em um banheiro público: segurança e limpeza”, disse.

Ban é conhecido por seu uso inovador de materiais. Ele projetou divisórias feitas de papel e tecido para abrigos de emergência, também tendo a privacidade em mente.

“Há momentos em que a privacidade é essencial e outros em que não é necessária”, diz ele. “É uma ideia comum tanto aos abrigos temporários quanto aos banheiros públicos. As instalações podem ser abertas ou privadas, de acordo com a necessidade”, completa.

Mãe e filho dão uma olhada internamente no banheiro transparente do Parque Yoyogi, em Tóquio. Quem está fora não vê quem está dentro que, por sua vez, pode ver todos do lado de fora enquanto usa o banheiro | Foto Issei Kato

Conforto e entretenimento

Todas as 17 instalações selecionadas para o chamado projeto Tokyo Toilet estão localizadas no distrito de Shibuya, uma área conhecida por sua cultura jovem e diversidade. O prefeito de Shibuya, Hasebe Ken, considera esse projeto “uma oportunidade para a cidade oferecer aos seus residentes e visitantes felicidade e entretenimento”.

Ando Tadao é outro arquiteto mundialmente famoso que optou por essa iniciativa. “Fui inspirado pelos arquitetos envolvidos neste projeto e queria fazer o meu melhor. O valor de um edifício não é determinado por sua escala. Esse banheiro público pode ser pequeno, mas transmite uma mensagem importante”, disse Ando, que ganhou o Prêmio Pritzker um ano após Ban.

Ando se concentrou em elaborar um design de modo a proporcionar fácil acesso, com uma estrutura e forma cilíndrica exclusivas. É acessível pelos dois lados através de uma passagem circundada por grade vertical, que permite a entrada de ar fresco e luz natural.

“Quero que os usuários se sintam confortáveis ao usar esta instalação”, diz ele. “Pensei em acessibilidade para todos, inclusive cadeirantes. Acredito que uma cidade tem que ser inclusiva, e seria ótimo se pudéssemos mostrar que uma das maneiras é mudar o humilde banheiro público”.

O projeto Tokyo Toilet é administrado pela Fundação Nippon, sem fins lucrativos, e conta com a participação de 16 grandes nomes da arquitetura e do design. Sete projetos foram concluídos, e as instalações restantes devem ser inauguradas até o próximo verão do hemisfério norte.

Mudança de hábitos

O organizador diz que o objetivo é mudar hábitos, assim como mentes. “Esses designs exclusivos e avançados tornam os banheiros acessíveis a todos, independentemente de sexo, idade ou capacidade. Em última análise, demonstram as possibilidades de uma sociedade inclusiva”, afirma Hanaoka Hayato, da Fundação Nippon.

Ele diz ainda que “os banheiros são um símbolo da cultura da hospitalidade do Japão, mundialmente famosa. Embora o país seja conhecido como um dos mais limpos do mundo, o uso de banheiros públicos é muito limitado por causa dos estereótipos de que são escuros, sujos, fedorentos e temerosos. Então, vamos lutar para mudar esses pensamentos.”

O ponto interessante não se limita às próprias estruturas. A manutenção e a limpeza estão sendo compartilhadas por três partes interessadas – a prefeitura de Shibuya, a Fundação Nippon e o órgão de turismo de Shibuya – e os funcionários foram equipados com macacão azul-marinho, cujo design foi supervisionado pelo líder da moda japonesa NIGO.

Mais informações estão disponíveis no site THE TOKYO TOILET.

Fontes: NHK News | Fundação Nippon.

  • 254
  •  
  •  
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
    255
    Shares