Notícias Política

EUA reafirmam apoio ao Japão em disputa de ilhas com a China

Ilhas Senkaku | ©M. Commons

A promessa foi feita pelo general Lloyd Austin, que fez história ao se tornar o 1º secretário de defesa negro dos EUA.

O novo governo dos Estados Unidos reafirmou o compromisso de seu país em apoiar o Japão na disputa com a China por um grupo de ilhotas do Mar da China Oriental, que são chamadas de ilhas Senkaku no Japão e Diaoyu na China.

Em sua primeira conversa telefônica com o ministro da Defesa japonês, Nobuo Kishi, o novo secretário de Defesa dos EUA, Lloyd Austin, confirmou que o artigo 5 do tratado de segurança EUA-Japão, o qual estipula as obrigações de defesa dos EUA para com o Japão, cobre as ilhas desabitadas, disse o Pentágono em um comunicado.

Austin também reafirmou que os Estados Unidos continuam se opondo a qualquer tentativa unilateral de mudar o status quo no Mar da China Oriental, disse o Pentágono.

O Japão está cada vez mais preocupado com a atividade chinesa no Mar da China Oriental, incluindo incursões nas águas ao redor das ilhas.

As negociações marcaram as primeiras discussões ministeriais entre Tóquio e Washington desde que o presidente dos EUA, Joe Biden, assumiu o cargo na última quarta-feira.

General aposentado do Exército, Austin fez história na sexta-feira ao se tornar o primeiro secretário de defesa negro da América.

A confirmação de apoio de Austin reitera o compromisso que Biden ofereceu ao primeiro-ministro do Japão, Yoshihide Suga, em novembro, na semana em que o democrata venceu as eleições presidenciais nos Estados Unidos.

Disputa territorial

Tanto o Japão quanto a China ampliaram as reivindicações territoriais sobre as ilhas Senkaku – nomeadas como ilhas Diaoyu na China. O Japão insiste em sua soberania sobre as ilhas, em vigor desde 1895, enquanto a China defende mapas japoneses de 1783 e 1785 que designam as ilhas como território chinês.

Após a Segunda Guerra Mundial, as ilhas Senkaku ficaram sob o controle dos EUA e depois foram repassadas para o Japão, em 1972.

Por sua vez, o Japão acredita que as reivindicações de soberania da China sobre as ilhas estão relacionadas com a descoberta de minerais valiosos na região ainda na década de 1970.

A disputa territorial se acentuou em 2012, quando o governo japonês comprou três das cinco ilhas de um proprietário privado. O ato deteriorou ainda mais os laços bilaterais já estremecidos entre os dois vizinhos desde o século passado por questões históricas.

Ilhas Senkaku

O arquipélago de Senkaku é composto por um grupo de ilhotas no Mar da China Oriental, a aproximadamente a 170 quilômetros ao norte da ilha Ishigaki e a cerca de 410 quilômetros a leste da ilha de Okinawa, de acordo com o arquivo online do governo japonês destinados às ilhas em disputa.

Localização das Ilhas Senkaku |  ©Mundo-Nipo

== Mundo-Nipo (MN)
Fontes: Agência Reuters | Kyodo News.