Política

Japão vai acompanhar decisão do Congresso dos EUA sobre a Síria

Obama declarou no sábado (31) ter convicção de que uma intervenção militar na Síria é necessária.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Shinzo Abe em conferência (Foto: Kantei)

Premiê japonês Shinzo Abe (Foto: Kantei)

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, disse que vai observar de perto a forma com que o Congresso dos Estados Unidos irá reagir à decisão do presidente Barack Obama de um ataque militar para punir o regime do presidente sírio, Bashar al-Assad, pela alegada utilização de armas químicas.

“Eu vou observar de perto o processo no Congresso dos EUA”, disse Abe a repórteres na província de Chiba.

“O Japão vai continuar a cooperar estreitamente com os Estados Unidos e a comunidade internacional na coleta e análise de informações da Síria”, declarou Abe. “Vamos trabalhar para garantir até mesmo uma pequena melhora na situação”, completou.

Obama declarou no sábado (31) ter convicção de que uma intervenção militar na Síria é necessária, mas afirmou que está buscando apoio do Congresso.

Abe e o ministro das Relações Exteriores, Fumio Kishida, e o chefe de Gabinete e Secretário Geral, Yoshihide Suga, discutiram a situação na Síria neste domingo.

Kishida informou Abe e Suga sobre sua conversa por telefone com o secretário de Estado dos EUA, John Kerry, no sábado, antes da declaração de Obama.

De acordo com Kishida, os dois concordaram que ambos os países vão cooperar para melhorar a Situação na Síria.

Os três líderes confirmaram que o governo japonês vai continuar a recolher informações e procurar maneiras humanitárias para ajudar o povo sírio, dentro e fora do país.

 

Para saber mais sobre Política, clique em mundo-nipo.com/politica. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta