É FAKE que urnas substituídas no Japão só mostravam o número 13

Publicações com conteúdo enganoso acumulavam centenas de compartilhamentos nas redes sociais, principalmente no Facebook e WhatsApp, durante a votação.
Fake News | ©Depositphotos
©Depositphotos

Postagens que circulam nas redes sociais (veja aqui) enganam ao afirmar que urnas eletrônicas foram substituídas, no Japão, porque apresentavam o número 13, correspondente ao presidenciável Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no lugar do 22, número do presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL).

Publicações com conteúdo enganoso acumulavam centenas de compartilhamentos no Facebook no dia de votação (2), circulando também no Telegram e WhatsApp, nos quais não é possível estimar o alcance.

Em nota, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) afirmou que 12 urnas tiveram que ser trocadas em seções eleitorais no Japão, mas por outros problemas técnicos, como não ligar na hora da instalação.

De acordo com o TRE-DF (Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal), corte responsável pela votação fora do Brasil, 50 urnas haviam sido trocadas nas seções eleitorais do exterior até o 12h de domingo (2).

“Importante destacar que a substituição de urnas é um procedimento padrão, tanto que em cada seção eleitoral existem as urnas de contingência, justamente para serem usadas em caso de necessidade de troca por problemas técnicos”, diz o TSE em comunicado.

Mediante o grande número de notícias falsas no dia de votação, o Aos Fatos se uniu às iniciativas de checagem AFP Checamos, Boatos.org, Comprova, E-Farsas, Fato ou Fake e Lupa para verificar em conjunto a desinformação sobre as eleições.

É possível ainda verificar se uma notícia ou boato é #FAKE no serviço fale com a Fátima disponibilizado no WhatsApp.

== Mundo-Nipo (MN)
Foto: Depositphotos

Total
1
Shares
Previous Article
Urna eletrônica brasileira | ©Depositphotos

Bolsonaro vence no Japão, mas Lula tem vantagem na China e Oceania

Next Article
Bandeira japonesa no alto da cúpula do Banco do Japão | Foto: Reprodução / Bloomberg

Confiança dos fabricantes do Japão piora com alta dos custos de matéria-prima

Related Posts