Política

Japão pede consenso a todos os envolvidos em tensões na Ucrânia

O Japão lembrou que todas as partes envolvidas devem honrar o direito internacional e a integridade territorial na Ucrânia.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Yoshihide Suga, Secretário Geral do Gabinete do Japão (Foto: AFLO)

Yoshihide Suga disse que o Japão vai monitorar se a declaração emitida por líderes do G-7 (Foto: Aflo Images)

O Japão instou novamente que todas as partes envolvidas em tensões na Ucrânia exerçam a máxima contenção, informou nesta segunda-feira (3) a emissora pública ‘NHK”.

O chefe de Gabinete do governo japonês, Yoshihide Suga, declarou em entrevista coletiva que o Japão lembrou a Rússia de que todas as partes devem honrar o direito internacional e a integridade territorial na Ucrânia, detalhou a NHK.

Suga disse que disse o Japão vai monitorar se a declaração emitida por líderes do G-7, Conselho Europeu e Comissão Europeia vão ajudar a melhorar a situação na Ucrânia.

Ele também explicou por que os líderes do G-7 decidiram suspender a participação em atividades relacionadas com a preparação da próxima reunião do G8 na Rússia.

Suga disse que os líderes pensam que não podem manter discussões significativas na situação atual e que a suspensão continuará até que o ambiente seja considerado estável o suficiente para manter tais discussões.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta