Política

Coreia do Sul e China criticam novos livros didáticos do Japão

Sete dos 14 livros de estudos sociais aprovados incluem as Ilhas Senkaku e Takeshima como território do Japão.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Novos livros didáticos do Japão (Imagem: Reprodução/NHK)

Sete dos 14 livros de estudos sociais aprovados incluem as Ilhas Senkaku e Takeshima como território do Japão (Imagem: Reprodução/NHK)

Os governos de China e Coreia do Sul reagiram com veemência contra a aprovação do governo japonês para os novos livros didáticos das escolas primárias do país. Os livros em questão irão mencionar em seus textos a catástrofe de março de 2011 e o território do país, que incluem as Ilhas em disputas Senkaku e Takeshima.

Cho Tae-yong, vice-ministro do Exterior da Coreia do Sul, convocou o embaixador do Japão, Koro Bessho, para registrar o protesto. Bessho, no entanto, disse que o Japão não pode aceitar a posição sul-coreana.

Um porta-voz do Ministério do Exterior da Coreia do Sul disse que o movimento do Japão tem elevado o nível de provocação sobre as ilhas.

Por sua vez, o porta-voz do Ministério do Exterior da China, Hong Lei, disferiu sua indignação em uma entrevista à imprensa, na tarde de sexta-feira (hora local). O porta-voz disse que o Japão deveria contar à geração dos jovens que o “país roubou as ilhas que pertencem à China”.

Hong disse ainda que “o governo chinês exige que o Japão pare de fazer provocações sobre as ilhas”.

 

Sobre os livros didáticos

Nesta sexta-feira, um conselho do Ministério da Educação concluiu o exame de 139 livros escolares para o primário, que serão utilizados a partir do próximo ano letivo. Cerca de 25% dos livros contêm informações sobre o grande terremoto e tsunami que atingiram o nordeste do Japão em março de 2011.

Sete dos 14 livros de estudos sociais e apostilas de mapas aprovados recentemente se referem às Ilhas Senkaku e Takeshima em seus textos principais. Alguns mencionam que “as ilhas são parte inerente do território japonês”. Esta é a primeira vez que se efetua uma menção do gênero em livros para alunos do primário.

(Do Mundo-Nipo com informações da Agência Kyodo e da Emissora NHK)

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta