Política

Japão precisa exercitar o direito de autodefesa para ‘evitar danos à aliança com EUA’, diz premiê

A declaração foi em resposta a um oposicionista que exortou o premiê a tomar uma decisão rápida sobre a questão.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Shinzo Abe teme danos à aliança nipo-americana (Image: NHK/Reprodução)

A declaração foi em resposta a um oposicionista que exortou o premiê a tomar uma decisão rápida sobre a questão (Image: NHK/Reprodução)

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, disse que o país precisa exercitar o seu direito de autodefesa coletiva por meio da reinterpretação da Constituição para que a aliança com os Estados Unidos não sofra danos, informou nesta quinta-feira (6) a emissora pública ‘NHK’.

Abe respondeu a uma questão no Comitê de Orçamento da Câmara Alta nesta quinta-feira feita por um legislador do oposicionista Partido da Restauração do Japão, que exortou o premiê a tomar uma decisão rápida de modo a permitir ao Japão exercitar o direito de autodefesa, detalhou a NHK.

O premiê explicou aos parlamentares que a aliança de segurança entre Japão e Estados Unidos sofreria danos incalculáveis, dando como exemplo o caos que seria se um navio das Forças de Autodefesa do Japão não derrubasse um míssil em rota de colisão contra uma embarcação Aegis dos Estados Unidos em missão de patrulha para o Japão.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta