Política

Premiê do Japão diz que falta de explicação é culpada pela preocupação com lei de sigilo

A lei dá a altos funcionários do governo a autoridade de definir informações como “segredos de Estado”.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Shinzo Abe em conferência (Foto: Kantei)

Premiê do Japão, Shinzo Abe (Foto: Kantei)

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, declarou nesta segunda-feira que a nova lei de sigilo vai facilitar o compartilhamento de informações com outros países a lidar com ameaças de segurança.

Falando em uma conferência de imprensa, Abe disse que a falta de explicação suficiente é parcialmente responsável pela preocupação pública sobre a lei aprovada na sexta-feira. Ele disse que vai se esforçar para dissipar tal preocupação.

Quanto a zona de identificação de defesa criada pela China, Abe disse que a porta para o diálogo está sempre aberta e que o Japão e a China procisam ter um mecanismo para autoridades de defesa mantenham contato.

A lei dá a altos funcionários do governo a autoridade de definir informações como “segredos de Estado”, podendo incluir material relacionado com defesa, diplomacia, inteligência e terrorismo.

Os funcionários públicos que permitirem o vazamento de tais informações poderão ser condenados até 10 anos de prisão.

As informações são da agência Kyodo.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta