Política

Governador de Hiroshima critica publicação chinesa de mapa controverso

Yuzaki disse que a publicação do jornal foi “desonrosa”.

Do Mundo-Nipo

O governador de Hiroshima, Hidehiko Yuzaki, criticou nesta quinta-feira (10) o jornal chinês que publicou um mapa controverso do Japão na semana passada.

 

Bombardeio atômico em Hiroshima e Nagasaki (Fotos: Divulgação)

Bombardeio atômico em Hiroshima e Nagasaki (Fotos: Divulgação / Edição Mundo-Nipo)

 

Yuzaki disse que a publicação do jornal, que ilustrou nuvens em forma de cogumelo sobre Hiroshima e Nagasaki, foi “desonrosa”.

“O que está ilustração está tentando transmitir? Eu não se ela está tentando indicar que (Hiroshima) merecia o bombardeio atômico, mas a forma como foi projetada não é apropriada”, disse o governador em uma coletiva.

Hiroshima e Nagasaki foram devastadas pelo bombardeio atômico dos Estados Unidos em agosto de 1945, nos dias finais da Segunda Guerra Mundial.

O jornal chinês The Chongqing Youth News escreveu em sua edição do dia 03 de julho que o “Japão quer uma nova guerra”, ao lado das ilustrações  das nuvens de cogumelos.

Na quarta-feira o porta-voz do governo japonês, Yoshihide Suga, e o embaixador do Japão para a China, Masato Kitera, apresentaram protestos contra o país sobre  publicação.

(Do Mundo-Nipo com Agência Kyodo)

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Deixe uma resposta