Política

China decide acabar com trabalho forçado e afrouxar política de filho único

Após uma reunião de quatro dias, considerada uma das mais importantes dos últimos anos, o documento com as diretrizes foi divulgado.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

O Partido Comunista da China decidiu abolir o sistema de campos de trabalhos forçados do país e afrouxar sua política de filho único, conforme informou um documento divulgado nesta sexta-feira (15).

De acordo com o texto integral da decisão do partido em uma reunião de quatro dias que terminou na terça-feira (12), a China também vai reduzir o número de crimes sujeitos a pena de morte e permitir que o capital privado estabeleça pequenos e médios bancos no país.

A reunião foi considerada uma das mais importantes dos últimos anos, tendo em vista que decidiu as diretrizes que vão guiar a economia chinesa nos próximos anos.

Segundo informações da agência Xinhua, que divulgou o documento, o objetivo geral das reformas aprovadas é melhorar e desenvolver o socialismo com características chinesas e com a modernização do sistema de governo do país.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta