Política

Japão começa perfuração submarina para construção de nova base dos EUA

Moradores e ativistas locais se reuniram neste domingo para exigir a interrupção da transferência da base.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Engenheiros preparam perfurações de sondagem no fundo do mar em uma área ao largo da província de Okinawa, que será aterrada para a construção de uma base militar dos Estados Unidos. Segundo a rede de TV NHK, uma equipe instalou na manhã deste domingo (17) uma plataforma para as perfurações junto à costa de Henoko.

 

Construção da base aérea dos EUA em Henoko (Foto: Kyodo)

O início da operação aconteceu na última quinta-feira, quando foram instaladas boias e flutuadores ao largo da costa de Henoko (Foto: Kyodo)

 

O Japão e os Estados Unidos planejam transferir a base aérea de Futenma do Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos, atualmente instalada em uma área densamente povoada na cidade de Ginowan, para Nago, na cidade de Henoko, situada ao norte da província de Okinawa.

Um guindaste transportou uma chapa desde a praia da base Camp Schwab, dos marines dos Estados Unidos, até Henoko. A barcaça foi afixada com quatro estacas no local da sondagem. A sucursal do Ministério da Defesa em Okinawa deverá iniciar as perfurações após a conclusão dos preparativos, conforme noticiou a NHK.

O início da operação aconteceu na última quinta-feira, quando foram instaladas boias e flutuadores ao largo da costa de Henoko, enquanto embarcações da Guarda Costeira Japonesa faziam a vigilância. Segundo a agência Kyodo, a área será aterrada para abrigar duas pistas de pouso e decolagem da nova base.

Aproximadamente cem moradores e ativistas de entidades comunitárias reuniram-se hoje diante do portão da base Camp Schwab. Eles levavam cartazes com palavras de ordem em que pediam a interrupção do plano de transferência da base.

A autorização de transferência da base militar americana de Futenma para a zona norte da ilha principal da região aconteceu no final do ano passado. Desde então, o governo tem enfrentado forte oposição da população local, bem como de ambientalistas, que apontam Henoko como uma área litorânea protegida por possuir um rico ecossistema.

No início de junho, uma pesquisa da Agência Kyodo mostrou que 65,4% dos 1.204 entrevistados em 12 diferentes postos de votos em Nago se opuseram a construção da base em Henoko, enquanto 13,3% apoiaram a transferência.

(Com informações da NHK News e Agência Kyodo)

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta