Política

Ministro e 157 legisladores do Japão visitam Santuário Yasukuni

A China e a Coreia do Sul consideram o santuário um símbolo do militarismo japonês.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Ministro e parlamentares visitam Santuário Yasukuni (Foto: Kyodo)

Foto: Kyodo

O ministro de Assunto Internos do Japão e outro 157 legisladores visitaram o Santuário Yasukuni nesta sexta-feira (18) durante o festival anual de outono, atraindo críticas da China e Coreia do Sul.

Em sua primeira visita desde 15 de agosto  ao santuário Shinto, localizado em Tóquio, o ministro de Assuntos Internos e Comunicações, Yoshitaka Shindo, ofereceu um presente pago com seu próprio dinheiro ao santuário.

“Eu visitei aqui para homenagear aqueles que morreram na guerra e para rezar pela paz”, disse Shindo. “Eu não acho que isso vai se transformar em um problema diplomático”, completou.

A China e a Coreia do Sul consideram o santuário um símbolo do militarismo japonês.

O Santuário Yasukuni homenageia mortos em guerra, incluindo criminosos de Classe-A.

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, absteve-se de visita para não causar uma crise diplomática maior com os governos chinês e sul-coreano.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta