Política

Vice-chanceler do Japão visita Santuário Yasukuni

A China declarou que se opõe firmemente a quaisquer visitas ao santuário por ministros japoneses.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Santuário Yasukuni (Foto: Kyodo)

Santuário Yasukuni (Foto: Kyodo)

O vice-ministro das Relações Exteriores do Japão, Nobuo Kishi, irmão mais novo do primeiro-ministro Shinzo Abe, visitou o Santuário Yasukuni neste sábado, durante o festival anual de outono.

Depois fazer as homenagens no santuário, durante o festival de quatro dias que termina no domingo (20), Kishi disse a jornalistas que assinou em seu nome, e não como vice-ministro, no livro de registro do local.

Ele disse que sua visita não terá impacto sobre as relações do Japão com outros países e que ele não tinha conferido com o primeiro-ministro sobre a visita.

O premiê japonês absteve-se de visita ao santuário para não piorar as relações diplomáticas com a China e Coreia do Sul, que consideram o local um símbolo do militarismo japonês.

Na sexta-feira, a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Hua Chunying, disse que o governo chinês se opõe firmemente a quaisquer visitas ao santuário por ministros japoneses.

O Santuário Yasukuni homenageia mortos em guerra, incluindo criminosos Classe-A.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta