Política

Japão fica alerta contra a China após criação de zona de defesa

A China já realizou uma patrulha com dois aviões militares na zona, com um deles se aproximando das Ilhas Senaku.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

O Japão está aumentando seu nível de alerta após o anuncio da China de criar uma zona de identificação de defesa aérea sobre uma área que inclui as Ilhas Senkaku, em Okinawa.

O Ministério da Defesa da China informou ontem que havia criado a zona que compreende uma grande área ao longo do Mar da China Oriental, incluindo as ilhas disputadas pelos dois países.

O ministério disse que medidas de emergência, inclusive o uso da força, serão tomadas se alguma aeronave voar na zona sem seguir as instruções chinesas.

A China já realizou uma patrulha com dois aviões militares na zona, com um deles se aproximando das Ilhas Senaku.

As autoridades japonesas se reuniram no sábado na residência do primeiro-ministro Shinzo Abe e concordaram que o ato da China não pode ser tolerado. O Ministério das Relações Exteriores do Japão apresentou um forte protesto ao embaixador chinês para Tóquio.

O ministro japonês da Defesa, Itsunori Onodera, disse a repórteres em Tóquio que os dois lados devem trabalhar para evitar conflitos. Ele acrescentou que vai pedir à China para criar um mecanismo de comunicação que permitam que os dois lados lidem com quaisquer problemas que possam surgir.

O governo japonês vê a mudança da China como uma demonstração de sua reivindicação às Ilhas Senkaku , e planeja acelerar as atividades de alerta e vigilância.

As informações são da rede NHK.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta