Política

Barack Obama apela para que Japão melhore as relações com a China

Obama disse que as Ilhas Senkaku são abrangidas pelo “Artigo 5 do Tratado de Segurança Japão-EUA.

Do Mundo-Nipo

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, destacou a importância do diálogo entre Japão e China, mas mencionou que o tratado de segurança de seu país com o Japão abrange as ilhas Senkaku, no Mar da China Oriental.

 

Barack Obama e Shinzo Abe em Tóquio (Foto: Kyodo)

Obama disse que as ilhas Senkaku são abrangidas pelo “Artigo 5 do Tratado de Segurança Japão-EUA (Foto: Kyodo)

 

Obama fez o comentário na quinta-feira (24), durante seu encontro com o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, em Tóquio.

Abe tocou no aumento das atividades militares tanto marítimas como aéreas da China, afirmando que é crucial mostrar uma firme aliança entre Japão e EUA, bem como o forte compromisso dos EUA para a Ásia. “China continua tentando mudar o status quo pela força”, declarou o premiê japonês.

Obama disse que as ilhas Senkaku são abrangidas pelo “Artigo 5 do Tratado de Segurança Japão-EUA, que obriga os Estados Unidos a defender o Japão. Obama é o primeiro presidente norte-americano a fazer esse tipo de declaração clara e publicamente.

Japão controla as ilhas Senkaku no Mar da China Oriental, enquanto China e Taiwan as conclamam como parte de seus territórios. O governo japonês defende que as ilhas são parte inerente do território do país em termos de história e direito internacional. Abe reiterou que não há questão de soberania para ser resolvido por estas ilhas.

Os líderes realizaram uma conferência de imprensa conjunta após as conversações. Obama apresentou sua posição em estreitar os laços entre EUA e China. O líder norte-americano também disse que “os governos de Japão e China devem tomar medidas para desenvolver uma relação de confiança mútua, resolvendo suas contendas de forma pacífica”.

O governo japonês acredita que a reunião de cúpula demonstrou solidez no “Tratado Japão-EUA”, tanto no Japão como no exterior. Mas enfrenta o desafio de consertar as relações com a China, a fim de manter o diálogo político.

(Do Mundo-Nipo com informações da NHK News e Agência Kyodo)

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Deixe uma resposta