Política

Japão protesta contra exercício militar sul-coreano em ilhas disputadas

O governo japonês considera as ilhas como partes inerentes do país, tantos em termos de história quanto direito internacional.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Yoshihide Suga, Secretário Geral do Gabinete do Japão 3 (Foto: AFLO)

Yoshihide Suga, Secretário Geral do Gabinete do Japão 3 (Foto: AFLO)

O principal porta-voz do governo japonês lamentou nesta sexta-feira (25) um exercício militar sul-coreano em ilhas disputadas no Mar do Japão.

O secretário chefe de Gabinete do Japão, Yoshihide Suga, disse a jornalistas nesta sexta-feira que o exercício é inaceitável e ignora a posição japonesa sobre a soberania das Ilhas Takeshima.

O governo japonês considera as ilhas como partes inerentes do país, tantos em termos de história quanto direito internacional.

Suga disse que o governo apresentou um forte protesto contra a Coreia do Sul.

Ele disse que o Japão está sempre disposto a submeter o litígio ao Tribunal Internacional de Justiça, em Haia, acrescentando que a Coreia do Sul é uma nação extremamente importante com que o governo japonês gostaria de compartilhar o objetivo de liberdade.

Suga disse que os dois países devem abster-se de atividades que possam prejudicar suas relações diplomáticas.

As informações são da rede NHK.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta