Política

Japão pede cooperação internacional para libertar refém

Abe disse que falou com líderes de algumas nações, pedindo cooperação de seus governos.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

O premiê do Japão, Shinzo Abe, disse que o seu governo está fazendo todo o possível para conseguir a libertação do jornalista Kenji Goto, mantido como refém desde a semana passado por militantes do Estado Islâmico (EI).

Na quinta-feira (29), o premiê disse perante o Comitê Orçamentário da Câmara Baixa que o seu governo se empenha em dar “a mais alta prioridade à vida de pessoas”, acrescentando que está usando todos os canais diplomáticos e outros meios disponíveis para buscar a libertação de Goto.

Abe disse ter falado por telefone com líderes de algumas nações, pedindo cooperação de seus governos. Segundo ele, todos com quem se comunicou prometeram apoio total ao Japão.

Devido à sua natureza delicada envolvendo as negociações, Abe disse que não pode apresentar detalhes específicos sobre os últimos acontecimentos. Mesmo assim, afirmou que o Japão vem pedindo a cooperação da Jordânia para lidar com a difícil situação.

Fonte: NHK News.

*Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta