Política

Suu Kyi critica Coreia do Norte por não promover democracia

A líder pró-democracia birmanesa foi questionada durante uma coletiva de imprensa.

Do Mundo-Nipo

Aung San Suu Kyi 002 (Foto: Wikimedia Commons)

Aung San Suu Kyi 002 (Foto: Wikimedia Commons)

A líder oposicionista em Mianmar, Aung Sann Suu Kyi, criticou nesta terça-feira a Coreia do Norte por não promover a democracia  e instituições democráticas.

“Eu sou alguém que acredita em valores democráticos e instituições democráticas, alguém que não acredita em violência. Mas meu ponto de vista, provavelmente, não é exatamente compartilhado pelos líderes da Coreia do Norte”, disse Suu Kyi em uma coletiva de imprensa em Ulan Bator, quando questionada sobre o governo norte-coreano, conforme informações da agência Kyodo.

“Nós acreditamos na democracia, que os valores democráticos são melhores, mas não é isso que os regimes autoritários acreditam”, disse a Prêmio Nobel da Paz em referência a Coreia do Norte, liderada por Kim Jong Un.

Suu Kyi passou quase 20 anos em prisão domiciliar em Mianmar por lutar para levar democracia ao país. Deputada pela Liga Nacional para a Democracia há cerca de um ano, ela foi reeleita em março como presidente do partido.

 

Para saber mais sobre Política, clique em mundo-nipo.com/politica. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Deixe um comentário