Política

Presidente da Coreia do Sul critica visita de premiê do Japão ao Santuário Yasukuni

Os comentário de Park pareceram ser destinados ao primeiro-ministro do Japão.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Park Geun-hye (Foto: Aflo Images)

Park Geun-hye (Foto: Aflo Images)

A presidente sul-coreana Park Geun Hye expressou esperança nesta segunda-feira (30) de que o próximo ano seja livre de incidentes que desenterrem “feridas do passado” e prejudiquem a confiança internacional, em uma aparente crítica ao Japão.

Os comentário de Park ocorreram durante uma reunião com altos funcionários do governo sul-coreano e pareceram ser destinados ao primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, que recentemente visitou o controverso Santuário Yasukuni.

O santuário homenageia mortos de guerra, incluindo criminosos classe-A, sendo considerado um símbolo do militarismo japonês pela Coreia do Sul e China.

“Um país que repete atos que não coincidem com os valores universais e normas da comunidade internacional nunca será creditado como uma nação de primeira classe, não importa como ele se desenvolve economicamente”, disse Park.

As informações são da agência Kyodo.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta