Sociedade

Começa a temporada de ‘caça ao trabalho’ no Japão

As empresas do país já começaram suas atividades de seleção para contratação de recém-formados.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Universitário que vão se formar na primavera de 2015 já começaram a procurar empregos – num movimento conhecido no Japão por “caça ao trabalho” – no domingo (01), dia em que as empresas do país começaram suas atividades de seleção para contratação de recém-formados.

 

Universitários em busca de contrato de trabalho (Foto: Kyodo)

No último domingo, mais de 20.000 universitários participaram do seminário realizado pela agência Gakujo (Foto: Kyodo)

 

Em Tóquio, agências de emprego promoveram seminários para os alunos receberem explicações sobre as atividades do setor em que estão interessados em trabalhar.

As empresas vão iniciar as entrevistas com alunos entre outras atividades a partir de 1º de abril (início do ano fiscal de 2014), como parte do processo para contratar recém-formados, com algumas já disponibilizando contratos de trabalho informais no decorrer do mês.

Em meio à recuperação econômica do país – reflexo da depreciação do iene e os preços das ações mais elevadas, um número crescente de empresas tem demonstrado disposição de expandir novas contratações, o que tem levado analistas a especularem sobre um número recorde de contratações para o próximo ano fiscal.

Em um seminário organizado no domingo (01), pela agência de empregos Gakujo Co., no distrito de Shibuya, em Tóquio, cerca de 60 empresas, incluindo casas de comércio e instituições financeiras, explicou suas operações de negócios para os interessados. Mais de 20.000 estudantes participaram do seminário, de acordo com a Gakujo.

O universitário Akimichi Ogawa, de 22 anos, residente no subúrbio de Tóquio, que participou do seminário, disse que quer trabalhar no setor comercial. “Eu cresci vendo meu pai comercializando vestuário na China. Gostaria de ser como ele, um homem envolvido em negócios que possam me levar a muitos países”, disse Ogawa, que é fluente em chinês e inglês.

As empresas, por sua vez, têm o objetivo de contratar funcionários capazes. Um representante da Meiji Yasuda Life Insurance Co., disse que a empresa pretende aumentar significativamente o número de seminários com a finalidade de recrutar somente recém-formados competentes.

As informações são da agência Kyodo. Todos os direitos reservados.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta