Sociedade

Humorista tem visto cancelado para o Japão após piada sobre vítimas do terremoto

Descendentes de japoneses fizeram uma abaixo assinado para impedir que o humorista entrasse no Japão.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Léo Lins (Imagem: Rede Bandeirantes/Reprodução)

Descendentes de japoneses fizeram uma abaixo assinado para impedir que o humorista entrasse no Japão (Imagem: Rede Bandeirantes/Reprodução)

O humorista Léo Lins, que trabalha no programa “Agora é Tarde”, da Rede Bandeirantes, teve o visto para o Japão cancelado. Supostamente, o visto foi negado porque o humorista fez piadas relacionadas às vítimas do terremoto de março de 2011.

Léo Lins tinha apresentações marcadas para os dias 13 e 14 de setembro nas províncias de Kanagawa e de Aichi.

O Consulado do Japão informou que o cancelamento não tem relação com as piadas, alegando que o motivo é devido à documentação. Já que o humorista iria ganhar dinheiro com as apresentações, então faltou um “determinado documento” necessário para este tipo de visto.

Entretanto, descendentes de japoneses haviam feito uma abaixo assinado para impedir que o humorista entrasse no Japão. Isso porque ficaram extremamente irritados com as piadas que Léo teria feito com relação às vítimas do devastador terremoto e tsunami em março de 2011, que vitimou cerca de 19  mil pessoas e deixou milhares de desabrigados que sofrem, até hoje, com as consequências da tragédia.

As informações são do Portal Bonde.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta