Sociedade

China concede passaportes para a família do ativista Chen Guangcheng

Chen foi colocado sob prisão domiciliar depois de tornar público que autoridades chinesas forçavam mulheres grávidas a abortarem.

Do Mundo-Nipo

Chen Guangcheng (Foto: Wikiemdia Commons)

Chen Guangcheng (Foto: Wikiemdia Commons)

O governo chinês concedeu passaportes aos familiares do ativista de direitos humano Chen Guangcheng, informou neste sábado a rede NHK.

O irmão do ativista cego, Chen Guangfu, disse que ele e sua mãe receberam passaportes na sexta-feira e pretendem viajar para os Estados Unidos para encontrar Guangcheng.

O ativista vive em Nova York desde que ele escapou de sua prisão domiciliar na província de Shandong, em abril do ano passado, e buscou refúgio na embaixada dos EUA em Pequim.

Chen foi colocado sob prisão domiciliar depois de tornar público que autoridades chinesas forçavam mulheres grávidas a abortarem.

Chen disse que os membros de sua família foram perseguidos e agredidos por funcionários desde que ele deixou a China. O governo dos EUA chegou a manifestar preocupação com a questão para as autoridades chinesas.

 

Para saber mais sobre Sociedade, clique em mundo-nipo.com/sociedade. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Deixe uma resposta