Japão quer reavivar o turismo a níveis pré-pandêmicos até 2025

A meta do governo é superar o recorde de mais de 31 milhões de pessoas que visitaram o Japão em 2019, quando o país faturou US$ 34 bilhões com o turismo.
Turismo no Japão | ©Stockvault
©Stockvault

O Japão pretende que o turismo receptivo se recupere para os níveis pré-pandemia até 2025, anunciou ontem (7) a agência de turismo do país, ressaltando a expectativa de que a demanda de viagens retorne em linha com a recuperação do tráfego aéreo global, de acordo com informações do site Kyodo News, da agência japonesa Kyodo.

O plano que traça as metas para 2025, apresentado pela Agência de Turismo do Japão em uma reunião de especialistas, também busca aumentar o número de pernoites em áreas regionais por visitantes estrangeiros em relação ao total de 43,09 milhões registrados em 2019.

O Gabinete do primeiro-ministro Fumio Kishida deve aprovar o plano, que obteve amplo consenso na reunião de segunda-feira, após considerar medidas específicas.

Em 2019, antes da pandemia global de Covid-19, um recorde de 31,88 milhões de turistas visitaram o Japão. Mas o número caiu drasticamente após o surto de coronavírus, totalizando apenas 4,12 milhões em 2020 e 250.000 em 2021.

A agência espera que a demanda por viagens se recupere de acordo com as previsões de organizações internacionais, que dizem que o número de passageiros aéreos internacionais se recuperará para os níveis de 2019 até 2025.

Os próximos eventos internacionais a serem realizados no Japão no mesmo ano, como a Expo 2025 em Osaka e o Campeonato Mundial de Atletismo em Tóquio, também devem aumentar o número de visitantes.

Segundo a Kyodo, o governo japonês manterá sua meta existente de 60 milhões de visitantes estrangeiros anuais até 2030.

Como parte de seu objetivo de revitalizar áreas regionais, a agência também propôs promover viagens fora das áreas metropolitanas, destacando os atrativos históricos e naturais oferecidos por cada região.

Projeção de arrecadação com o turismo

Apoiado pela recente fraqueza do iene em relação a outras moedas importantes, o governo pretende que os gastos turísticos anuais atinjam 5 trilhões de ienes (US$ 34 bilhões) o mais rápido possível, superando cerca de 4,8 trilhões de ienes gastos em 2019.

Com o plano, o governo também considerará medidas para aumentar o valor gasto por pessoa e seu tempo de permanência no Japão, bem como abordar questões de “poluição turística” que acompanhavam o rápido aumento de visitantes estrangeiros antes da pandemia, como congestionamento no transporte público e, principalmente, a grande produção de lixo gerada pelo turismo.

= Mundo-Nipo (MN)

Total
2
Shares
Previous Article
Fila infindável para inscrição de compra de PS5 no Japão em novembro de 2022 | Reprodução / Twitter / wands77777

Multidão faz fila em loja no Japão para comprar PS5

Next Article
Cassino online | ©Depositphotos

5 fatos interessantes sobre cassinos online que poucos usuários sabem

Related Posts