Sociedade

Quase 4 milhões de pessoas ainda vivem em abrigos após tufão nas Filipinas

Regiões costeiras da Ilha Leyte ainda não têm eletricidade e água corrente.

Do Mundo-Nipo

O número de mortos pelo tufão já aumentou para 942 nesta segunda-feira. (Foto: Kyodo)

Devastação causada pelo tufão Haiyan (Foto: Kyodo)

Quase 4 milhões de pessoas ainda vivem em abrigos nas Filipinas um mês após o poderoso tufão que atingiu a região central do país.

O Tufão Haiyan devastou o país no dia 08 de novembro, levando chuvas torrenciais e tempestades.

De acordo com o Conselho de Gestão de Redução de Riscos de Desastres, 5.796 pessoas morreram e outras 1.779 continuam desaparecidas.

Regiões costeiras da Ilha Leyte ainda não têm eletricidade e água corrente.

O governo filipino e organizações internacionais continuam com atividades de auxílio, distribuindo suprimentos e prestando serviços médicos.

Eles também estão tentando acelerar os esforços de reconstrução, incluindo a infra-estrutura de construção e habitação temporária.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Deixe uma resposta