Sociedade

Policiais japoneses inspecionam postos comunitários de segurança em São Paulo

Japão planeja introduzir em todo Brasil o seu sistema de policiamento denominado “Koban”, até 2018.

Do Mundo-Nipo

Policiais japoneses inspecionam postos comunitários de segurança em São Paulo (Imagem: Reprodução/NHK)

Policiais japoneses e brasileiros posam para fotos em frente a um posto comunitário de segurança em São Paulo (Imagem: Reprodução/NHK)

Policiais do Japão estão visitando o Brasil para ajudar a implementar o sistema de policiamento comunitário no país com o objetivo de reduzir a criminalidade , informou nesta terça-feira (10) a emissora pública ‘NHK’.

Para apoiar os esforços, quatro autoridades policiais do Japão examinaram, na segunda-feira (9), as conquistas obtidas pelos postos comunitários de segurança desde sua implantação, além das questões enfrentadas pelos policiais brasileiros.

No Japão, o sistema de policiamento comunitário é chamado de Koban, que é um pequeno posto policial implantado nos bairros das cidades em todo o país.

No Brasil, o sistema Koban japonês já foi introduzido em alguns estados brasileiros, detalha a NHK, acrescentando que o governo brasileiro planeja expandir o sistema em todos os 26 estados do país.

Durante a inspeção, os policiais japoneses visitaram um desses centros em São Paulo, e patrulharam uma comunidade com policiais locais para ouvir a opinião dos moradores.

Uma autoridade policial do Japão afirmou que quer ajudar a polícia brasileira a elaborar seus próprios meios para trabalhar com os moradores, visando prevenir a criminalidade.

A Agência de Cooperação Internacional do Japão planeja facilitar a introdução do sistema Koban em todo o Brasil até 2018.

(Com informações da NHK News)

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Deixe uma resposta