Sociedade

Japão executa sexto condenado à morte do ano

O Japão é , acompanhado dos Estados Unidos, o único país industrializado e democrático que aplica pena de morte.

Do Mundo-Nipo

O Japão executou um condenado à morte nesta quinta-feira na terceira rodada de execuções desde dezembro, início do governo do premiê Shinzo Abe,  informou o governo japonês.

Tokuhisa Kumagai, de 73 anos, matou o dono de um restaurante no bairro chinês de Yokohama, província de Kanagawa, com uma arma de fogo e roubou 430 mil ienes, em 2004. Ele também feriu uma pessoa com disparos de uma arma na estação de Shibuya, em Tóquio, durante um assalto.

Em abril, dois homens que enfrentaram líderes de gangues rivais até a morte foram enforcados. Outra rodada havia sido realizada em fevereiro, quando três homens, incluindo Kaoru Kobayashi, que foi condenado à morte pelo rapto e assassinato de uma menina de 7 anos de idade na província de Nara, também foram enforcados.

Cerca de 132 presos condenados à morte esperam na cela pela sua vez de serem executados.

O ministro da Justiça Sadakazu Tanigaki, que ordenou a execução dos criminosos, disse em abril que muitos cidadãos acreditam que a pena de morte é necessária no país.

O Japão é , acompanhado dos Estados Unidos, o único país industrializado e democrático que aplica pena de morte.

As informações são da agência Kyodo.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Deixe um comentário