Sociedade

Polícia detém homem que vandalizou livros relacionados a Anne Frank

O homem não revelou o motivo do vandalismo que provou indignação no Japão e no exterior.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Um homem de 30 anos admitiu ter rasgado os livros relacionado a vítima do holocausto Anne Frank, indicou o polícia de Tóquio nesta quinta-feira (13).

O homem não revelou o motivo do vandalismo que provou indignação no Japão e no exterior.

Ele admitiu ter “rasgado os livros nas bibliotecas”, mas suas palavras não faziam muito sentido, segundo a polícia que acredita que ele não tinha um motivo ideológico.

A polícia está examinando se ele pode ser responsabilizado criminalmente.

Mais de 310 publicações relacionadas com Anne Frank, como “O Diário de Anne Frank”, foram encontrados danificados em 40 bibliotecas, principalmente em Tóquio.

(Do Mundo-Nipo com informações do Asahi Shimbun)

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta