Sociedade

Morre soldado japonês que viveu escondido por quase 30 anos nas Filipinas

Onoda, de 91 anos, serviu ao Japão como soldado durante a II Guerra Mundial, e viveu escondido nas florestas Filipinas de 1944 até 1974.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Hiroo Onoda (Imagem: NHK/Reprodução)

Onoda viveu escondido nas florestas Filipinas de 1944 até 1974, quando saiu de seu esconderijo e voltou ao Japão (Imagem: NHK/Reprodução)

Um soldado japonês que viveu escondido nas florestas das Filipinas por quase três décadas morreu em Tóquio, aos 91 anos, informou nesta sexta-feira (17) a imprensa japonesa.

Hiroo Onoda faleceu na quinta-feira (16) de parada cardíaca em um hospital na capital japonesa.

Segundo a NHK, durante a Segunda Grande Guerra Mundial, Onoda foi transferido para a Ilha de Lubang, em 1944, como agente de espionagem do Exército Imperial Japonês. Depois do fim da guerra ele permaneceu na floresta até 1974, época em que descobriu que a guerra havia acabado, para então sair de seu esconderijo e voltar ao Japão.

Mais tarde, Onoda mudou-se para o Brasil, onde mantinha uma fazenda. Ele retornou ao Japão a pouco tempo, de acordo com a agência Kyodo, que não detalhou a data de seu retorno ao país de origem.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta