Sociedade

Mulher do prêmio Nobel da Paz Liu Xiaobo é hospitalizada na capital chinesa

Liu Xia, que está sob prisão domiciliar em sua casa de Pequim há três anos, foi hospitalizada no último domingo.

Liu Xia, que vive em prisão domiciliar desde a detenção do marido, o dissidente chinês prêmio Nobel da Paz Liu Xiaobo, foi internada num centro hospitalar de Pequim, segundo relatou o advogado da poetiza e dissidente à ‘Agência EFE’.

O advogado, que se identificou apenas como Shang, disse que Liu Xia tinha sido internada no último domingo (16), mas se recusou a fornecer mais detalhes “por precaução”, de acordo com a EFE.

A poetisa vive em prisão domiciliar desde 2010, ano em que o marido foi preso e também agraciado com o Prêmio Nobel da Paz devido a sua luta pacífica, sem o “uso de violência”, pelos direitos humanos na China. O governo chinês, no entanto, reagiu duramente, qualificando a decisão de uma “blasfêmia” ao próprio prêmio.

Em janeiro deste ano, um vídeo com Liu Xia, que muito provavelmente foi filmado clandestinamente, foi publicado no YouTube pelo centro independente PEN, que reúne escritores que pedem liberdade de expressão na China.

No vídeo, Liu Xia aparece sentada em sua casa, fumando e lendo dois poemas que evocam sua solidão.

“É uma árvore? Sou eu, sozinha. É uma árvore de inverno? É assim o ano todo”, recita. “Não está cansada de ser uma árvore por toda a sua vida? Inclusive quando estou esgotada quero seguir de pé. Há alguém contigo?”, conclui a poetiza no vídeo.

Embora não seja acusada oficialmente de nenhum crime, Liu Xia está sob prisão domiciliar em sua casa na capital chinesa, há quase quatro anos, vigiada 24 horas por dia.

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Deixe um comentário