Sociedade

Ex-juiz instala câmera em banheiro feminino do Ministério da Justiça do Japão

Sem ter no nome divulgado, o ex-magistrado vai responder por perturbação da ordem pública.

Do Mundo-Nipo

Um ex-juiz do Ministério da Justiça é acusado de ter instalado uma câmera dentro do banheiro feminino de um dos prédios do ministério, situado em Kasumigaseki, no distrito de Chiyoda, em Tóquio, de acordo com fontes ligadas ao assunto, informou nesta terça-feira (22) o Sports Nippon, um jornal esportivo afiliado ao The Mainichi Shimbun.

Sem ter no nome divulgado, o ex-magistrado, de 50 anos, vai responder por violação da ordenança em Tóquio e perturbação da ordem pública, conforme informações citadas pelas fontes ao jornal esportivo.

“Os dados da câmera, que foi instalada em um dos banheiros do órgão ministerial em março deste ano, está sendo agora cuidadosamente analisado para aplicação da lei”, detalhou o Sports Nippon.

O assunto veio à tona depois de ter sido denunciado por mulheres que notaram a presença da câmera no final do mês passado.

“Conforme um relatório policial indicou, trata-se de um caso de voyeurismo ocorrido em um dos prédios do Ministério da Justiça”, disse um porta-voz da pasta, alegando que, “no momento, seria impossível disponibilizar mais detalhes porque precisaria inteirar-se mais sobre o caso”.

O suposto autor, que admitiu as acusações, trabalhou como juiz em tribunais distritais em Sendai, Yokohama e Tóquio. Desde abril de 2010, o ex-magistrado foi contratado como secretário de gabinete encarregado de litígios.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Deixe uma resposta