Sociedade

Uma em cada três solteiras no Japão quer ser dona de casa em tempo integral, diz pesquisa

O Ministério da Saúde, Trabalho e Previdência Social do Japão divulgou nesta terça-feira (24) a pesquisa.

Do Mundo-Nipo

Casal de japoneses (Foto: Aflo Images)

A pesquisa foi realizada em março deste ano e contou com 3.133 entrevistados (Foto: Aflo Images)

O Ministério da Saúde, Trabalho e Previdência Social do Japão informou nesta terça-feira (24) que uma em cada três mulheres solteiras, com idades entre 15 e 39 anos, querem ser donas de casa em tempo integral, enquanto um em cada cinco homens solteiros, da mesma faixa etária, quer ver suas esposas na mesma situação.

Segundo a pesquisa do ministério, 34,2% das mulheres solteiras responderam que gostariam de se dedicar exclusivamente às tarefas do lar após se casarem.

As que responderam que não queriam abandonar o mercado de trabalho para ser dona de casa em tempo integral somaram 38,5%.

Entre os homens solteiros, 19,3% expressaram opiniões positivas sobre a perspectiva de suas esposas se dedicarem exclusivamente às tarefas do lar, enquanto  30,2% tiveram uma visão negativa.

O resultado contrasta com os objetivos recentemente propostos pelo primeiro-ministro, Shinzo Abe, dentro de seu programa de reforma econômica. O premiê quer que 30% dos cargos de responsabilidade do país sejam ocupados por mulheres até o ano 2020.

 

As informações são da agência Kyodo.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Deixe um comentário