Sociedade

Japonesa simula assalto para faltar ao trabalho

A japonesa foi encontrada em seu apartamento, deitada no chão, com os pulsos e tornozelos amarrados com uma corda.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

A japonesa foi encontrada em seu apartamento, deitada no chão, com os pulsos e tornozelos amarrados com uma corda. (Foto: Visual Photos)

A japonesa foi encontrada em seu apartamento, deitada no chão, com os pulsos e tornozelos amarrados com uma corda. (Foto: Visual Photos)

Uma japonesa bem criativa, mas também preguiçosa, amarrou-se em seu apartamento, no distrito de Setagaya, em Tóquio, para simular um assalto que lhe renderia uma boa desculpa para faltar ao trabalho. Dois dias depois, no entanto, tudo foi descoberto pela polícia local, que lhe deu uma forte reprimenda.

Tudo começou no dia 19 de agosto, quando a jovem foi procurada pela irmã, que ficou preocupada após não conseguir encontrá-la. A irmã então chamou o proprietário do apartamento e deu queixa do sumiço da irmã a polícia.

Ao entrarem no apartamento, em torno das 16h00, eles encontraram a “vítima” deitada no chão, com os pulsos e tornozelos amarrados com uma corda, totalmente imobilizada. Ela então foi levada para um hospital, onde os médicos disseram que a “suposta vítima” havia perdido a consciência.

Incapazes de questionar a “vítima”, a polícia então passou a trabalhar com a hipótese de que ela teria sido amarrada por um ladrão, embora eles não tenham encontrado sinais de arrombamento no apartamento.

A verdade finalmente veio à tona na quarta-feira (21), quando a polícia pode interrogar a então “vítima” logo após ter recebido alta do hospital. Os investigadores disseram que a jovem admitiu ter encenado todo o incidente, amarrando a si mesma em seu apartamento.

A polícia citou-a dizendo: “Eu não queria ir para o trabalho”. A declaração deixou os investigadores extremamente irritados, principalmente pelo tempo perdido. Eles, no entanto, a liberaram, mas não sem antes de aplicar-lhe uma forte repreensão, disse a polícia, que só não informou como a jovem conseguiu amarrar os próprios tornozelos e mãos, ficando totalmente imobilizada.

As informações são do The Japan News e do Japan Daily Press.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta