Espacial

Japão vai começar a desenvolver foguetes comerciais em 2014

O Ministério da Ciência destinou mais de US$ 67 milhões para o desenvolvimento do novo foguete.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

O Ministério da Ciência do Japão anunciou que vai começar a desenvolver em abril, início do ano fiscal de 2014, a próxima geração de foguetes com fins comerciais, que inclui transporte de satélites, informou a emissora pública NHK.

 

Foguete japonês (Foto: Aflo Images)

O Ministério da Ciência destinou mais de US$ 67 milhões para o desenvolvimento do novo foguete que vai substituir o confiável H2A (Foto: Aflo Images)

 

O foguete a ser desenvolvido é o H3, que vai substituir o atual H2A, um tipo de foguete altamente confiável, tanto que, somente nos últimos 12 anos, vinte e dois foguetes deste tipo foram lançados com mais de 95% de êxito em todos os lançamentos.

Embora o H2A seja confiável, o seu alto custo, de aproximadamente US$ 96 milhões, tem afetado a sua competitividade internacional.

Os pesquisadores, que planejam reduzir esse custo em até a metade, disseram que o novo foguete vai utilizar combustível líquido para o principal motor e combustível sólido para os propulsores.

O Ministério da Ciência destinou mais de US$ 67 milhões para o desenvolvimento do foguete no projeto de orçamento para o ano fiscal de 2014. Autoridades da pasta esperam que o primeiro foguete H3 seja lançado em 2020.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •