Variedades

Cacho de uvas é vendido em leilão no Japão por R$ 42 mil

Leilão 2019 de uvas Ruby Roman 2019 | Foto: Reprodução / Kyodo

É o maior valor já alcançando desde que a variedade de uva Ruby Roman foi leiloada pela primeira vez, em 2008, no mercado de Kanazawa.

  • 320
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    320
    Shares

Um cacho de uvas da seleta marca Ruby Roman, cultivada em Ishikawa, na região central do Japão, foi arrematado pelo recorde de 1,2 milhão de ienes (cerca de R$ 42 mil).no primeiro leilão da temporada realizado na quarta-feira em um mercado local.

Trata-se do maior valor já alcançando desde que a variedade foi leiloada pela primeira vez, em 2008, conforme noticiou a emissora pública ‘NHK’.

Mais de trinta cachos de uvas Ruby Roman foram colocados ontem no leilão que acontece anualmente em julho no mercado central de Kanazawa, em Ishikawa.

O cacho que alcançou o maior valor tinha apenas 24 uvas e foi arrematado por Takashi Hosokawa, gerente de uma cadeia de pousadas “ryokan” na prefeitura local. Ele comprou o caríssimo cacho à mando do grupo proprietário das pousadas. Cada uva do cacho custou nada menos que R$ 1.750.

Takashi Hosokawa exibe o cacho que ele arrematou por uma pequena fortuna | Foto: Kyodo
Takashi Hosokawa exibe o cacho que ele arrematou por uma pequena fortuna | Foto: Kyodo

A Ruby Roman só é cultivada em Ishikawa e seu leilão ocorre sempre em meados de julho, o que depende do clima. A produção é controlada para manter o nível de raridade e garantir preços altos. As frutas chegam a ser compradas como presentes de luxo.

A variedade Ruby Roman distingue-se das uvas habituais pelo sabor bastante adocicado e a cor mais avermelhada, além do tamanho avantajado.

Cada uva pesa, em média, cerca de 20 gramas e tem cerca de 3cm de diâmetro, ou seja, quase do tamanho de uma bola de pingue-pongue. Agricultores da província de Ishikawa disseram que levaram 14 anos para desenvolver essa seleta variedade de uva.

Adoração dos japoneses por frutas

Os japoneses adoram frutas e têm por costume presentear as pessoas com elas, principalmente se for frutas raras e sazonais, que geralmente são arrematadas em leilões por pequenas fortunas.

Mediante isso, é possível mensurar o apreço não só em leilões de frutas como também em lojas especializadas, que comumente vendem cachos de uva que podem superar a “bagatela” de R$ 10 mil.

No caso, a “Ruby Roman” é uma espécie de uva cultivada repleta de cuidados especiais, o que só eleva o preço, principalmente se for de Ishikawa. O consumidor japonês, no entanto, não se importa em pagar o equivalente a R$ 250 por ‘cada uva’ do cacho em lojas especializadas em frutas sazonais e de extrema qualidade.

Os altos preços têm explicações que vão além da apreciação dos japoneses por fruta ou a perfeição e do cultivo diferenciado. Um dos principais motivos é a tradição de presentear os mais íntimos com elas, sendo que quantidade e preço são demonstrativos de afeto – quanto mais caro, maior o carinho.

MN – Mundo-Nipo.com
Fontes: Fontes: Kyodo News | The Asahi Shimbun

  • 320
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    320
    Shares